Em Campo Grande, Reme organiza 1º Festival de skate, escalada, e slackline

Imagem ilustrativa da prática de skate - Foto - Reprodução/Internet
Imagem ilustrativa/Reprodução/Internet

A rede municipal de ensino, em Campo Grande, terá pela primeira vez, um evento voltado aos esportes radicais. De acordo com edital publicado no Diário Oficial da cidade, em 8 de novembro, serão três modalidades que terão como palco o Teatro de Arena do Horto Florestal, no dia 30 deste mês, das 13 às 18 horas.

Denominado Feras (Festival de Esportes Radicais da Rede Municipal de Ensino), as atividades são voltadas para alunos entre 6 e 15 anos e as inscrições podem ser feitas até o dia 27 nos esportes skateboard, escalada indoor e slackline.  O sistema de disputa obedecerá ao critério determinado pela direção técnica, a ser divulgado no site: http://www.campogrande.ms.gov.br/semed/artigos/festival-eparafestival-de-esportes-2019/.

Entretanto, de acordo com Diogrande, a organização “não se responsabilizará por nenhum acidente ocorrido com pessoas envolvidas no evento ou por estas a terceiros, antes, durante e/ou depois de qualquer competição.” Mas, entre outros deveres será de responsabilidade de cada unidade escolar participante: a indenização por danos e perdas de materiais e equipamentos, nos locais de competições, colocados à disposição para os jogos, estando sujeita às penalidades da comissão disciplinar.

* Se puder, apoie financeiramente o nosso trabalho para que ele não acabe

No skate, serão três as categorias: mirim 2009 a 2013 6 a 10 anos; iniciante 2004 a 2008 11 a 15 anos; e feminino 2004 a 2013 6 a 15 anos. As provas de skate serão disputadas em pista de street, tendo como obstáculos: corrimão; caixote; mesa; transição. O número máximo previsto para inscrições pela organização do Festival é de 80 alunos nessa modalidade.

Pela escalada indoor, o máximo previsto de participantes nessa linguagem artística é de 30 alunos de acordo com a ordem de inscrição; e, completados o número máximo, não serão abertas novas inscrições.

Já no slackline, o máximo previsto de participantes nessa modalidade é de 30 alunos, de acordo com a ordem de inscrição; e, completados o número máximo, não serão abertas novas inscrições.

Todas as crianças inscritas receberão medalha de participação.

Segundo os organizadores, além da parte esportiva, o Feras terá espaço para a cultura em forma de: produção de telas com a técnica grafite e apresentação de rap.

De acordo com o Diário Oficial do Município, no grafite, o máximo previsto de participantes nessa atividade é de 30 alunos, de acordo com a ordem de inscrição; e, completado o número máximo, não serão abertas novas inscrições.

Já as apresentações de rap, terão “caráter ilustrativo, por músicos convidados pela Secretaria Municipal de Educação; não sendo abertas inscrições aos alunos e professores da Reme.”

Se quiser conferir mais informações sobre o Feras, acesse o link do Diogrande entre as páginas 7 e 9 file:///C:/Users/pc/Desktop/ediario_20191107202013.pdf

**Gostou do texto?! Contate a gente pelo fone/whats (67) 9.8109-5459 ou e-mail  e lucianokisho@soporesportes.com.br . Ou se só quiser trocar ideia, sugerir pauta, também vale, ok?!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*