Ex-parceiro de Saymon garante uma das vagas olímpicas no vôlei de praia

Álvaro Filho (esq) e Alison durante a conquista da etapa de Portugal (Divulgação/FIVB)

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) divulgou nesta quarta-feira (16) o calendário do Circuito Mundial 2019/2020, e definiu assim as duplas que representarão o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. No masculino, o ex-parceiro do sul-mato-grossense Saymon, Álvaro Filho (PB) faz parte de uma das equipes que carimbaram a vaga para a Olimpíada.

 Alison/Álvaro Filho (ES/PB) e Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) não podem mais ser alcançados pelos demais times. Álvaro foi parceiro de Saymon, que trocou de companheiro para atuar ao lado de Guto (RJ).

Álvaro e Saymon durante etapa do Circuito Brasileiro 2016/2017 – CBV/Divulgação

Mesma situação de Ágatha/Duda (PR/SE) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) no naipe feminino. Deste modo, Talita, que retornou às disputas no vôlei de praia em novembro passado depois da pausa devido á gravidez, não conseguira ir à sua quarta Olimpíada. Nesta temporada, a mãe de Renatinho que joga por Alagoas fez parceria com Taiana (CE). Tanto a dupla da aquidauanense como a do campo-grandense estiveram sempre no top-5 da corrida brasileira pelas vagas olímpicas.

No dia 29 deste mês, na sede da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), no Rio de Janeiro (RJ). Os atletas e comissões técnicas darão detalhes do planejamento e programação de competições até os Jogos Olímpicos, além de revelarem a expectativa para a disputa do evento.

De acordo com a CBV, a corrida olímpica brasileira, que definiu os representantes em Tóquio, foi iniciada em fevereiro deste ano, levou em conta os pontos obtidos nas etapas quatro e cinco estrelas do Circuito Mundial, além do Campeonato Mundial, com pesos correspondentes. Os times tiveram a possibilidade de descartar as pontuações mais baixas, somando os 10 melhores resultados obtidos durante a temporada.

O prazo final da corrida olímpica brasileira segue até fevereiro de 2020, mas, conforme calendário divulgado pela FIVB, haverá apenas uma etapa válida para esta disputa – o evento quatro estrelas de Chetumal, no México, em novembro deste ano. Com a vantagem obtida atualmente, os dois primeiros colocados de cada naipe não podem mais ser alcançados

O time Alison/Álvaro encontra-se neste momento em primeiro, com 5.600 pontos na média dos 10 melhores resultados, com Evandro/Bruno Schmidt logo atrás, 5.500. No feminino, Ágatha/Duda alcançaram 6.320 pontos, enquanto Ana Patrícia/Rebecca ficaram com a segunda vaga,6.150 pontos na média das 10 melhores participações. (Com CBV)

* Se puder, apoie financeiramente o nosso trabalho.  Contate a gente pelo fone/whats (67) 9.8109-5459 ou e-mails contato@soporesportes.com.br e lucianokisho@soporesportes.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*