Flavia Saraiva é sétima do Mundo no geral individual

Flavinha é o destaque feminino do Brasil no Mundial de ginástica 2019 - CBGinástica/Divulgação

Com boas apresentações, especialmente na trave e no solo, a brasileira Flavia Saraiva conseguiu um ótimo resultado na final do individual geral do Campeonato Mundial de Ginástica Artística. No Hanns Martin Schleyer Halle, em Stuttgart (ALE), Flavinha terminou em sétimo lugar, com a nota 55,732. Foi uma posição acima do que havia obtido no Mundial de 2018, em Doha (QAT), quando ficou em oitavo. Ela foi a única brasileira classificada para as finais individuais.

A prova da carioca de 20 anos foi positiva na trave (14,033), com a terceira melhor nota, e no solo (13,933), quarta melhor nota. Flavia alcançou ainda as notas 14,666 no salto e 13,300 nas assimétricas.

Flavinha, que já tem vaga no individual geral da Olimpíada de Tóquio-2020, terá ainda mais duas finais neste Mundial de Stuttgart, quando então somará um total de sete finais na carreira. No domingo (13), ela participará das decisões da trave e do solo.

“Para mim foi muito importante melhorar uma posição em relação ao Mundial do ano passado, praticamente um ponto. Também consegui melhorar algumas posições em relação ao classificatório. Pensei em um aparelho de cada vez durante a prova e isso foi importante. Venho trabalhando isso nos treinos. Agora, é focar nas finais por aparelho”, disse Flavia, de acordo com o site da Confederação Brasileira de Ginástica.

“Sempre tem alguma coisinha para ajustar nestes dias que faltam para a final. Cada detalhe faz a diferença e um pouco que seja pode melhorar muito a nossa nota de partida e a nota final. Mas vou seguir pensando em um elemento de cada vez para domingo”, disse a ginasta.

Caio Souza busca medalha no individual geral

Nesta sexta-feira (11), a Ginástica masculina do Brasil participará de sua primeira final no Mundial de Stuttgart. A partir das 11h (de Brasília), Caio Souza participa da final do individual geral. Na qualificatória, ele ficou com a 20ª melhor nota (22ª colocação nominal), nota 81,897.

Em 2018, em Doha, Caio ficou na 13ª posição na final do individual geral. Este será a sétima final que Caio Souza participa em Campeonatos Mundiais, desde sua primeira participação, em Nanning (CHN).

O brasileiro iniciará sua participação no salto, sendo o sexto a se apresentar na primeira rotação. Na sequência, irá se apresentar nas paralelas (3º), barra fixa (2º), solo (1º), cavalo com alças (6º) e argolas (5º).

Programação do Brasil no Mundial

11/10 (Sexta-feira)

11h – Final Individual Geral masculino

12/10 (Sábado)

11h – Finais por aparelho: solo, cavalo com alças e argolas masculino; salto e assimétricas feminino

13/10 (Domingo)

8h – Finais por aparelho: salto, paralelas e barra fixa masculino; trave e solo feminino

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*