No Grand Slam, Camila Ponce perde na estreia para francesa que ficou em 3º

Camila Ponce, de azul, em ação contra francesa Audrey Tcheumeo e, Grand Slam de Brasília - Imagem: IJF/Reprodução

A judoca Camila Ponce, revelada em Mato Grosso do Sul, foi eliminada logo em sua estreia, no Grand Slam de Judô, em Brasília. Nesta terça-feira (8), último dia de disputas, a integrante da seleção brasileira foi derrotada pela francesa Audrey Tcheumeo em sua primeira participação em evento deste porte.

Na categoria -78kg, Camila, que este ano trocou o Judô Aliança, de Campo Grande, pelo Pinheiros-SP, sucumbiu diante da número 15 do ranking mundial. Aos 21 anos, a brasileira recém ingressada na categoria sênior é a número 81.

A francesa ainda derrotou outra anfitriã. Samanta Soares foi quem chegou mais longe, mas perdeu para Natalie Powell, do Reino Unido, nas quartas, e foi para a repescagem, onde sucumbiu diante de Tchumeo, que assegurou a medalha de bronze. Giovanna Fontes foi eliminada por Kaliema Antomarchi, de Cuba, em seu segundo duelo. A cubana acabou campeão ao bater Natalie Powell na final.

Principal aposta brasileira neste peso, Mayra Aguiar, número 2 do mundo, ficou de fora dos combates por sentir uma lesão no joelho durante os treinos na segunda-feira. (7). No total, 17 brasileiros conquistaram medalhas nos 14 pesos em disputa, sendo quatro de ouro, nove de prata, e quatro de bronze. O Centro Internacional de Convenções do Brasil, sede do torneio, que tinha entrada gratuita, contou com casa cheia todos os dias.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*