Operário e Comercial vivem ‘climas’ diferentes em Estadual

Jogadores comemoram empate dentro de casa; atuação não agradou tanto o técnico - Foto: Operário FC
Jogadores comemoram empate dentro de casa; atuação não agradou tanto o técnico - Foto: Operário FC

Apesar dos mesmos quatro pontos no Campeonato Sul Mato-Grossense, Comercial e Operário vivem momentos distintos na competição. Depois de iniciar mal o torneio, o Colorado soma dois jogos sem derrota; já os alvinegros que estrearam com vitória, não sabem o que é vencer há duas rodadas.

“Nos portamos muito bem nos jogos desta semana”, disse à reportagem do jornal O Estado MS, o treinador da equipe comercialina, Robson Matos. Depois de vencer a equipe do Maracaju, em casa, no meio de semana, a equipe de Campo Grande empatou por 1×1 com a Serc fora de seus domínios, no domingo (9). Luciano marcou para os donos da casa, enquanto Thiago anotou o gol da equipe colorada.

Matos afirma que a equipe fez ótimo primeiro tempo, porém sofreu com a pressão na etapa complementar. “Temos um time de garotos que buscam o entrosamento, contudo, temos de ser realistas quanto a maturação dos atletas”, pontuou o treinador.

Matos, que sempre ressalta a jovialidade de seu elenco, diz que tanto duas vitórias, quanto duas derrotas consecutivas afetam a equipe. Menciona que apesar disso, o grupo conta com apoio de profissionais que auxiliam os atletas a assimilarem as informações. “Devemos nos organizar e respeitar o elenco, assinalar os erros dos atletas e conscientizá-los taticamente dentro do gramado para que possam desempenhar bem suas funções”.

No Galo, técnico comemora ‘semana cheia’ para treinar

No Operário, o treinador Glauber Caldas afirma que os últimos resultados não afetam o desempenho da equipe alvinegra para a sequência da competição. Derrotado na quarta-feira pela Serc, a equipe operariana buscou o empate diante do Aquidauanense após revés por 2 a 0, domingo, no Morenão.

Keverson e Agnaldo marcaram para o Azulão da Princesa, e Borges e Richely empataram já no fim do duelo. “Devido às circunstâncias o resultado foi bom, claro que não podemos nos contentar com isso. Falhamos duas vezes, sofremos dois gols”, disse à reportagem o técnico alvinegro.

Após três jogos em sete dias, Glauber Caldas comemora o fato de obter quase uma semana inteira sem jogo. “Finalmente vou ter tempo para trabalhar”, disse o treinador. O período será destinado a trabalho físico e recuperação dos jogadores. “Continuamos trabalhando. Temos um duelo frente ao Cena (dia 15 em Nova Andradina) depois temos o clássico diante do Comercial (dia 22)”.

Além dos empates dos times da Capital, Crec e Maracaju empataram em 4 x 4 em jogo bastante movimentado no Estádio Laertão, em Costa Rica, e a única vitória da rodada ficou por conta do Águia Negra que de virada venceu o Corumbaense por 2 a 1 e é o novo líder da competição. No sábado, Cena e Pontaporanense ficaram no 0 a 0 no sábado em Nova Andradina. (Do oestadoonline)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*