Pressão por adiamento da Olimpíada cresce no Brasil

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

A declaração do presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Mizael Conrado, em entrevista à Folha de São Paulo, publicada na sexta-feira (20), em que pede o adiamento de Tóquio 2020 para 2021 provocou efeito cascata no país. A Olimpíada tem início marcado para 24 de julho, e a Paralimpíada, 25 de agosto. Porém, a pressão internacional por conta da COVID-19 a favor da disputa em outra data se espalha.

Ainda na sexta-feira, e mais forte neste sábado, mais entidades esportivas nacionais, além de atletas profissionais, endossaram o pedido. O Comitê Olímpico do Brasil (COB), e as confederações de voleibol (CBV), e de judô (CBJ), seguem o mesmo pensamento. A falta de tempo hábil para treinamento, bem como a indefinição sobre as datas para as seletivas olímpicas que ainda restam para a definição das vagas em diversas modalidades, prejudicam e prejudicarão os atletas. Para Mizael, não há qualquer condição de manter os eventos neste ano.

*Apoie financeiramente o nosso trabalho; ajude o jornalismo

“Como judoca e ex-técnico da modalidade, aprendi que o sonho de todo atleta é disputar os Jogos Olímpicos em suas melhores condições. Está claro que, neste momento, manter os Jogos para este ano impedirá que este sonho seja realizado em sua plenitude”, afirma o presidente do COB, Paulo Wanderley, que comandou a seleção brasileira em Barcelona 1992.

Destaques brasileiros na natação como Etiene Medeiros e Bruno Fratus também manifestaram preocupação e são a favor do adiamento. A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), e a de Skate (CBSk), também apoiaram posicionamento do COB.

No exterior, o comitẽ olímpico da Espanha, e a federação de natação dos Estados Unidos pedem a suspensão das olimpíadas.

Pelo menos até este sábado (21), o Comitê Olímpico Internacional (COI), e o comitê organizador japonẽs, batem o pé na data inicial e seguem o cronograma oficial. Deste modo, em solo japonês, na sexta-feira, aconteceu a cerimônia da chegada da chama olímpica, que teoricamente deve percorrer todo o Japão.

*Gostou?! Contate a gente pelo fone/whats (67) 99983-9782 ou e-mail e lucianokisho@soporesportes.com.br . Ou se só quiser trocar ideia, sugerir pauta, também vale, ok?!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*